Notícias de Alphaville
Confira algumas das notícias mais importantes sobre a Região de Alphaville


15.AGO.2014
Presidente do CONSEG vê bairro com otimismo


Atuante no bairro, Gislane se diz comunicativa por necessidade e fala de seu amor por coelhos, seus bichos de estimação

Ana Carolina Pereira


a cara da segurança. Gislane representa o Conseg no bairro e estará à frente do conselho por pelo menos mais dois anos de mandato.
Foto: Sandro Almeida/Folha de Alphaville

De semblante e voz firmes, de quem sabe o que está fazendo, a carioca Gislane Gandra, de 46 anos, é síndica do prédio onde mora, presidente da Associação de Síndicos dos Condomínios Verticais de Alphaville, Tamboré e Região (Acvat) e presidente do Conselho Comunitário de Segurança Alphaville Tamboré (Conseg).

Em entrevista exclusiva à Folha de Alphaville, a advogada conta um pouco de seu cotidiano cercado por autoridades e a responsabilidade de comandar um órgão que trata de segurança preventiva em um momento de tema crítico para o bairro.

Como o tema ‘segurança’ apareceu em sua vida?

Na verdade, uma coisa foi levando à outra. O síndico do prédio onde moro saiu no meio do seu mandato e eu, que já participava das reuniões com frequência e era fonte de consulta por ser advogada, acabei sendo eleita para cobrir o mandato dele. Com isso, conheci outros síndicos de outros prédios e comecei a frequentar as reuniões da Acevat, que estava para convocar nova votação para presidente e eu acabei sendo indicada e eleita também. Por meio de outros síndicos fui informada que era no Conseg que falávamos sobre quaisquer problemas de segurança que o prédio enfrentasse e comecei a participar das reuniões.

E a presidência? Como veio?

Estava próximo das eleições e eu me interessei em participar do Conseg e ver como funcionava. O presidente da época falava que o conselho precisavam de mulheres participantes e então fui indicada ao cargo. Eles me fizeram convite para participar e foi uma coisa bem rápida. Eu até pensei que fossem me convidar para cargo de secretariado ou conselho fiscal ou de ética para me inteirar e quando fui conversar, me apresentaram o convite para ser presidente.

Como é trabalhar com tema de tamanha importância?

Segurança é uma coisa que está sempre presente na vida da gente. Mas não da mesma forma para todo mundo. Quem participa do Conseg, por exemplo, lida com a segurança de uma maneira diferente. O Conseg não é órgão de polícia, mas faz segurança preventiva e conta com a cooperação de vários órgãos atuantes na sociedade. Mantemos um relacionamento próximo com todos esses órgãos e fazemos reuniões esporádicas para saber o que está acontecendo – o que é importante, principalmente em Alphaville que funciona como cidade pequena e onde as notícias se propagam muito rapidamente.

Alphaville é um bairro conectado. A internet ajuda ou atrapalha quando o assunto é segurança?

Ajuda mais do que atrapalha por mobilizar um número muito grande de pessoas e informá-las com rapidez. Mas é preciso ter parcimônia e verificar se o que você está vendo ali é verdade ou não.

Como moradora, você se sente segura em Alphaville?

Eu me mudei para Alphaville há nove anos, quando meu marido foi transferido do Rio de Janeiro. Quando cheguei, fiquei impressionada por poder andar tranquilamente pelas ruas. Hoje o bairro é outro. Ainda me sinto segura, mas com reservas. Estamos com problema sério de motos no bairro, que entram e saem rapidamente. Estamos pedindo blitze e a polícia tem feito isso. Mas temos um entorno pobre e Alphaville é alvo.

E qual a solução?

Melhorar o entorno e investir no desenvolvimento do bairro em vez de apenas crescimento.

Como é a Gislane quando tem que fazer as vezes de presidente atuante?

Eu sou uma pessoa atuante. Se me identifico com uma causa, entro de cabeça. Mas às vezes é preciso mudar um pouco a postura. Eu pareço comunicativa, mas sou bem fechada e tive que aprender a me comunicar, me expor, chegar e falar. Não é da minha essência, mas aprendi e trabalhei para ficar assim.

E como é sua vida em casa? Você tem filhos?

Não tenho filhos. Mas há oito anos ganhei do meu marido um mini coelho chamado Leopoldo e há pouco tempo comprei outro, o Pompom, o segundo filho. Sempre gostei de bichos, cuido de passarinhos e cães quando os encontro machucados e trato meus coelhos como filhos. Evito até dormir fora porque o Leopoldo já está velhinho e precisa comer legumes ralados.



Fonte: Folha de Alphaville Online

indique esta notícia
Seu nome   


Seu e-mail  

Nome da pessoa   

E-mail da pessoa   




Conheça todos os condomínios localizados na região de Alphaville e descubra porque os condomínios de Alphaville são reconhecidos como os melhores de SP


Cadastre-se e receba nossas novidades por e-mail

Notícias
sobre Alphaville
Investimentos
em casas no Tamboré em Alphaville
Região
Alphaville e Tamboré
Segurança
dos condomínios de Alphaville
Gastronomia
As melhores opções de Alphaville
escolas em Alphaville, faculdades, shoppings em Alphaville, clubes em Alphaville, docerias, cinema no Tamboré, moda, pizzarias de Alphaville, restaurantes, comércio, bancos, esportes, localização, Serviços de paisagismo em Alphaville, infra-estrutura, e muito mais...

Terreno no Tamboré 3 | Imóveis em Alphaville | Imobiliária em Alphaville | Galpões em Alphaville | Áreas Industriais



Alphaville Negócios Imobiliários
Wilson Roberto - Creci: 78275-F

Facebook Instagram
Centro Empresarial Alphaville
Praça das magnólias, 12 - 1º andar
06453-033 - São Paulo - SP

Alphaville Google Maps
            Assessoria de Marketing Digital

                 Parceiros

Tel: 11. 4195-6868
WhatsApp:11.94001-0287

Casas em Alphaville, Tambor� e Santana do Parna�ba.



LiveZilla Live Help